Segundo o relatório de atividade de jogos e apostas online para o 4º trimestre de 2018, publicado ontem pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), a receita bruta do jogo online em Portugal chegou aos 43 milhões de euros, uma subida de 17,8% face ao mesmo período do ano passado.

No que diz respeito à tributação, o valor total do imposto ascendeu a 21,4 milhões de euros, superior em cerca de 5,9 milhões de euros ao apurado para o período homólogo.

No final de 2018, eram nove as entidades licenciadas em Portugal, detentoras de 15 licenças para exploração de jogo online – oito para jogos de fortuna ou azar e sete para apostas desportivas à cota. Estas entidades acolheram 103,5 mil novos registos de jogadores, valor inferior em cerca de 22% ao registado em igual período de 2017.

Até ao final do ano, o SRIJ notificou 338 operadores ilegais para encerrarem a sua atividade e solicitou o bloqueio de 270 sites, que, não obstante, continuaram a disponibilizar jogos e apostas online em Portugal. Foram depois efetuadas 13 participações junto do Ministério Público para efeitos de instauração dos correspondentes processos-crime.

Fonte: Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ)